Sociedade cricri

Sociedade cricri

faaat

Volta pro mar, baleia! 

Gorducha, vê se emagreça.

Coitada, nunca vai arranjar namorado!

Desse jeito pede pra sofrer bullying.

Larga esse hambúrguer, coma uma salada!

Faça exercícios, perca essa barriga. 

Verão está chegando, não vai querer ir à praia?

Joana não sabia o porquê de tanta amargura no coração dessas pessoas, mas sabia que queriam que ela fosse magra, não saudável e feliz. 

Se encaixar no padrão da sociedade é um saco! 

E por falar em saco… tem um de doces no seu armário.

– Paula Mendonça

Anúncios
Encolerizar

Encolerizar

Que punição mereço por pensar diferente?

Por ter minha ideologia

Sem precisar imitar toda essa gente?

Quanta agonia!

Pensam iguais!

Não buscam suas próprias respostas

Não querem sair de suas bolhas, jamais!

Não aceitam do mundo todas as suas propostas

Sinto pena.

Disperdício de mentes brilhantes

Esquecem que um dia foram soldados de Atena

Humanos ignorantes!

Acreditam estar todos certos

Mas de nada sabem

Em seus cérebros habitam desertos

Reprimindo a busca pela verdade.

Mas qual será a verdade?


Gabriela R. Fernandes

Transformando a alma em poesia

Transformando a alma em poesia

A arte se dá ao jeito que o artista vê o mundo
Seguindo seu rumo
Sem medo do que poderá enfrentar

Aos olhos de um artista
O mais simples torna-se poesia
E o inusitado é recheado de alegrias

O artista deixa o mundo mais leve
Como o branco da neve
Que vem para acalmar

O artista embebeda-se de palavras
Sua imaginação faz-se morada
Para colorir a vida põe-se a ilustrar

De alguma forma o artista pensa diferente
Prioriza os sentimentos da mente
Deixa-se sensibilizar.

Gabriela Fernandes.

Cores da Primavera

Cores da Primavera

Na primavera, o mundo fica todo colorido
A gente não abafa o riso
Quando se quer amar

Apaixonada pelo céu cor de laranja
Ainda tenho esperança
Em ver o mundo melhorar

E os campos com seu reluzente verde
As flores cor de amantes
Faz a gente se alegrar

Na primavera, tudo fica colorido
E até a chuva caindo
Faz nosso coração se aconchegar

Com o olhar na linha do horizonte
Até o marrom do monte
Faz eu me apaixonar

Chegará o dia
Que morrerei de alegria
Por ver a tão querida primavera chegar

Gabriela Fernandes

3PcF1lqi